Terça-feira, 10 de Abril de 2007

Macavity - The Mistery Cat


Callum Nicol no papel de Macavity no musical CATS
(foto de Ricardo Alevizos)


 


Alguns condutores de autocarros deram o nome de Macavity a um gato branco após este começar a usar o autocarro nº 331 durante várias manhãs da semana - isto desde Janeiro deste ano!!!



O felino, portador de uma coleira púrpura, entra várias vezes por semana no autocarro de Walsall até Wolverhampton... usando sempre a mesma paragem... para entrar e sair! Note-se que a paragem onde sai fica próxima de uma loja onde vendem os famosos fish and chips que os ingleses tanto gostam!


A alcunha de Macavity foi-lhe dada baseada no misterioso gato do poema de TS Eliot. Bill Khunkhun (condutor do autocarro de 49 anos), notou o gato pela primeira vez em Janeiro quando este saltou porta fora na paragem: «É realmente estranho. Da primeira vez vi o gato a saltar do autocarro juntamente com um conjunto de passageiros. Não o tinha visto a entrar o que me deixou um bocado confuso. No dia seguinte parei na Churchill Road para deixar entrar alguns passageiros. Assim que abri as portas, o gato correu para o autocarro, saltou e correu para debaixo de um acento... creio que mais ninguém se apercebeu disso. Como o tinha visto sair no dia seguinte continuei a guiar e como imaginava, na paragem seguinte ele saiu - não sei porque apanha o autocarro, mas parece gostar da viagem. Contei o sucedido a outros motoristas deste autocarro e todos eles também o haviam visto".


Desde Janeiro, quando apanhou o autocarro pela primeira vez, ele repete a viagem cerca de 3 vezes por semana e entra e sai sempre nas mesmas paragens.


Um passageiro, Paul Brennan (19), que apanha este autocarro para ir trabalhar disse: "Apercebi-me do gato há algumas semanas. Primeiro pensei que vinha com o dono, mas pouco depois ficou bem claro que ele viajava sozinho. Sentou-se na parte da frente do autocarro e esperou pacientemente pela paragem seguinte e então saiu. Ao início era estranho, mas agora faz parte da rotina. Parece ser o passageiro ideal: senta-se silenciosamente, não se mete com ninguém e depois sai.


 

Será que em Portugal não o escorraçariam logo do autocarro? Acho que o fariam até à paulada!!!


 

Eis o nosso misterioso Macavity do autocarro 331 de Londres (uma pequena curiosidade... o bichinho tem um olho de cada cor... lindo!!!)


 


Macavity, o gato misterioso!


 

 

 

sinto-me:
sonhado por zia às 14:12
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 11 de Fevereiro de 2007

Tudo está bem quando acaba bem...

CATS: Grand Finale

               O elenco que apresentou CATS em Portugal, a NAP16!

 

 

“And we all say, oh well I never was there ever a cat so clever as Magical Mr. Mistoffelees…[1]

 

O espectáculo CATS terminou com mais uma investida dos gatos Jelicais à audiência! Depois de acabarem de cantar “Como se Dirigir a um Gato”, os felinos saltaram do palco e espalharam-se por todos os cantos e esquinas, metendo-se com vários elementos do público.

 

Na primeira vez, dia 7 de Outubro, vi espantada a interacção dos gatos com o público: os felinos andavam por todos os lados e puseram algumas crianças a chorar e outros espectadores a rir… Porém dia 28 de Outubro, talvez dada a minha proximidade com o palco, o Mr. Mistoffelees dessa noite (Jean-Claude Pelletier) que já me havia encadeado com o holofote, parece que em jeito de pedir desculpa veio direitinho a mim e fez-me festinhas na cara… ah!, como cheirava bem! O que até é de espantar pois pensava que a esta altura do campeonato o cheiro deveria ser nauseabundo!

 

Enquanto alguns gatos andavam pelo público, outros estavam ainda no palco a fazerem “palhaçadas” ou então a presentearem-nos com mais umas acrobacias como foi o caso de Rumpleteazer e Mungojerrie que fizeram mais uns saltos mortais de lado! Excelente!

 

Depois de se meterem uma última vez com o público, os gatos voltaram ordenadamente para o palco e fizeram uma última vénia “à la gato” e sumiram-se pelos lados da lixeira…

 

Então, um a um ou aos pares (como no caso dos dois grupos de gémeos), vieram agradecer a ovação, fazer as suas vénias finais e até mesmo alguns deles mais umas gracinhas até cada um se dirigir para o seu canto favorito da lixeira de onde observam os outros com emoção.

 

Finalmente todo o elenco está em palco e então fazem uma vénia conjunta perante a grande ovação e os assobios animados do público! Está oficialmente acabado o espectáculo do CATS?! Bem, pelos vistos ainda não…

 

Enquanto alguns gatos ficam no palco a brincarem uns com os outros (como por exemplo a Griz a fazer-se ao Rum e quando ele corre para ela, ela desaparece ainda mais depressa… a cara de ambos os actores é de partir a rir!!!), outros tal como entraram pela audiência, também saíram pelo meio do público!

 

Pois é… a meu ver tudo o que é bom acaba muito rapidamente! Completamente extasiada, observo as últimas movimentações dos gatos… mas no dia 7 de Outubro, quando menos esperava, levei uma última recordação do CATS… Foi uma recordação que me aqueceu, embora tenha sido um bocado dolorosa….

 

Ao saírem pelos corredores, passou por mim Coricopat (Philip Comley) que enquanto cantava “…um gato assim tão esperto…” resolveu virar-se para trás e… zás, trás, pás!

 

A minha mãe perguntou-me o que ele me tinha dito, e eu meia incrédula consegui entre risos responder: “Ele… ele bateu-me!!!” – pois foi isso mesmo! Primeiro fez‑me uma festinha durante o Mr. Mistoffelees e no fim deu-me uma valente palmada no rabo!!!

 

Estou a ver que apanhei um gato do contra!!! Mas adorei!!! E repetiria tantas vezes quantas possíveis…

 

CATS? Surpreendente! Um espectáculo inserido no próprio espectáculo, cheio de felinidade, movimento, ritmo, expressão e delicadeza! Nota 20…

 

 

 

Este é o elenco que participou nos espectáculos que vi em Portugal: (disposto pela ordem das fotografias no topo do post)

  • Dean Maynard: Munkustrap; substituto extra para Bustopher Jones, Aspargus e Growltiger
  • Philip Comley: Coricopat e Ghengis (o gato que me bateu!!!)
  • Kevin McGuire: Carbucketty (dia 28 de Outubro foi substituído por um swing já que uns espectáculos antes, ao fazer de Mr. Mistoffelees torceu um pé e foi obrigado a tirar 4 semanas de ‘folga’);  primeiro substituto para Mr. Mistoffelees
  • John McManus: Skimbleshanks (o gato que quase me deitou ao chão…)
  • Peter Tyler: Alonzo e Rumpuscat; primeiro substituto para Munkustrap e substituto extra para Rum Tum Tugger
  • Gary Watson: Rum Tum Tugger
  • Zak Nemorin: Mungojerrie; primeiro substituto para Rum Tum Tugger
  • Nick Pound: Velho Deuteronomy
  • Lorraine Chappell: Bombalurina
  • Rachel Ensor: Victoria
  • Zoë Curlett: Jellylorum
  • Lauren Brooke: Cassandra; primeira substituta para a personagem "Bombalurina"
  • Dianne Pilkington: Grizabella
  • Christopher Howell: Aspargus, Gus, Bustopher Jones e Growltiger
  • Alex Durrant: Bill Bailey
  • Lorraine Graham: Jennyanydots
  • Louisa Barratt: Jemima; substituta extra para Victoria
  • Zoë Smith: Demeter; substituta extra para Grizabella e Jennyanydots
  • Sarah Meade: Rumpleteazer; substituta extra para Demeter
  • Carrie Sutton: Tantomile; substituta extra para Jellylorum e primeira substituta para Jemima e Rumpleteazer
  • Callum Nicol: Admetus e Macavity; actor substituto para Skimbleshanks
  • Jean-Claude Pelletier: actor substituto - Mr. Mistoffelees (28 de Outubro), Mungojerrie e Carbucketty
  • Amèlie Munier: actriz substituta - Jemima; Victoria
  • Phil Hogan: actor substituto - Skimbleshanks
  • Jennifer Hepburn: actriz substituta - Grizabella; Jellylorum
  • Barry Haywood: actor substituto - Bustopher Jones, Aspargus e Growltiger; Velho Deuteronomy
  • Louise Perez: actriz substituta - Bombalurina; Demeter; Jennyanydots; Rumpleteazer e Tantomile
  • Trevor Schoonraad: Quaxo e Mr. Mistoffelees


[1] “E todos nós dizemos nunca houve decerto um gato assim tão esperto como o Mágico Mr. Mistoffelees…”

sonhado por zia às 01:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

Respeito precisa-se...

CATS: Acto II, Cena 9 - Como se Dirigir a um Gato

                                  Deuteronomy dá-nos a lição final…

 

“You’ve learned enough to take the view that cats are very much like you […] so first your memory I’ll jog and say a cat is not a dog…[1]

 

Assim que Grizabella desaparece nas Alturas, o pneu de Deuteronomy começa a baixar, parando a meio caminho quando o velho líder espraia o olhar sobre toda a audiência. O velho sábio parece estar muito satisfeito com o decorrer da noite, mas há ainda uma última lição para os humanos, um último detalhe que precisa ficar claro antes de dar a noite por terminada: como nos devemos dirigir a um gato!

 

Diz-nos ele que esta noite se falou sobre diversos tipos de gatos e que por esta altura já não deveríamos precisar de nenhum intérprete entre nós e os felinos para os compreendermos a fundo: vimos como eles brincavam, vimos como eles trabalhavam, conhecemos os seus hábitos e o seu habitat, não esquecendo que aprendemos alguns dos seus verdadeiros nomes.

 

Antes de mais nada, não pode haver dúvida alguma de que um gato NÃO é um cão! E que cada um tire daí as suas ilações! Uns defendem que não nos devemos dirigir a um gato até que ele se dirija a nós, mas Deuteronomy não partilha dessa opinião, revelando que no entanto há pontos críticos que se devem ter em conta para que um felino não fique indignado com a nossa presença: primeiro devemos conhecer quais os seus gostos gastronómicos e ir de acordo com o seu apurado paladar quando lhe oferecemos uma lambice; finalmente devemos saudá-lo com respeito mas sem exageros: os gatos não gostam que lhes dêem graxa!

 

Durante os últimos momentos da noite, para terem a certeza que compreendemos a fundo, num grande coro os Jelicais enfatizam que “os gatos merecem todas as evidências de respeito, sendo que isto é assim e é um facto pois assim é que se devem dirigir a um gato”…



 

Com os seus braços levantados para o céu e as suas alegres vozes ascendentes, felizes por terem passado pelo menos duas ou três mensagens ao público, os gatos fazem uma saudação final ao mesmo tempo que as estrelas desaparecem e as luzes caem sob a lixeira: o Baile Jelical acabou em glória!



[1] “Aprenderam quanto baste para ficarem esclarecidos que os gatos parecem-se convosco […] Primeiro chamarei a vossa atenção e direi que um gato não é um cão…”

sonhado por zia às 14:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim

:::pesquisar aishitenight:::

 

:::tags:::

Todas as tags deste blog

:::luas recentes:::

Macavity - The Mistery Ca...

Tudo está bem quando acab...

Respeito precisa-se...

A Escolha Jelical

Que a memória viva para s...

O Napoleão do Crime

Pouca-terra, pouca-terra....

Um gato especial

De gatos malandros e caix...

Ladrar ou não ladrar, eis...

Quando um gato gosta do d...

Um dois, esquerda direita...

Uma gata mal-amada...

Um gato do contra...

Problemas com baratas des...

Serão eles doidos varrido...

Os Jelicais podem...

Ser ou não ser flashada?!...

Cats no Coliseu dos Recre...

:::noites passadas:::

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

::: links :::

Anastasia
Anime News Network
Astérix et Obélix
BeeHive
Best Anime
Blog da Pimentinha
BRB Internacional
Broadway
Broadway - The Lion King
Catedral
Christian Kurrat
Chuviscos
Misteriosas Cidades d'Ouro
Disney
Disney on Broadway
Do What You Dream
Door to Fantasia
Kemet
Kiss Me Licia
Liquid Experience
Me, Myself and I
Movimentum...
Movimentum 2...
Mulher dos 50 aos 60
NASA
National Geographic
Niekonczaca Sie Opowiesc
per-Bast
Photograhy Directory
The NeverEnding Story
The Temple of Bast
The Universe of Shoujo Manga
Timor Aid
Tintim
TV Series
TV Wunschliste

:::favoritos:::

A nova versão do YMCA!!! ...

Respeito precisa-se...

Que a memória viva para s...

Pouca-terra, pouca-terra....

Fantasmas do passado...

De gatos malandros e caix...

Um gato do contra...

Os Jelicais podem...

Problemas com baratas des...

Hamlet para todos!

:::tags:::

Todas as tags deste blog

subscrever feeds