Segunda-feira, 20 de Novembro de 2006

Os Jelicais podem...

CATS: Acto I, Cena 2 - Canções Jelicais para Gatos Jelicais

                Coricopat, Tantomile e Munkustrap (atrás) juntam-se à tribo Jelical...

 

“Are you blind when you’re born? Can you see in the dark? (…) Because Jellicles are and Jellicles do (…) Are you tense when you sense there’s a storm in the air? (…) Jellicles do and Jellicles can (…)1

 

Dois raios de luz rasgam a lixeira escurecida quando se ouve um carro a passar por perto. Uma inocente queen amarela e negra, Demeter, que sorrateiramente entrava na lixeira é apanhada de surpresa e, assustada, pára... bufa... e esgueira-se para fora do alcance das luzes, encolhendo-se de medo.

 

Quando o carro se afasta, sons musicais recomeçam suavemente. Um gato cinzento malhado, Munkustrap, aparece seguido por uma gata com ar exótico, Cassandra, que assume uma posição que lembra as esfinges egípcias. Lá de cima espreita um gato cenourinha, Skimbleshanks, e Carbuckety desce um espaldar. Chegou a vez de Coricopat e Tantomile (gémeos idênticos, intuitivos e portadores de poderes psíquicos), extremamente ágeis que, em perfeita coordenação de movimentos, juntam-se aos seus amigos. Astuto e sedutor, Rum Tum Tugger esgueira-se entre as barras enquanto Demeter deixa, finalmente, o seu esconderijo...

 

Vagarosamente, Munkustrap gatinha até próximo dos gémeos e ergue-se para cantar a primeira pergunta do musical: “És cego à nascença?” De início (qual gato que se preze!), mostram-se desconfiados e relutantes, mas à medida que ficam mais destemidos, cantam e dançam garbosamente: é uma trova sobre quem são e sobre as suas façanhas onde acabam por nos dar um vislumbre das suas origens e, assim, ficamos a conhecer o verdadeiro eu de cada um dos gatos Jelicais. Em poucos segundos, o palco enche-se de 26 gatos que aparecem aquando da sua deixa ou então em grupos, cantando as suas questões retóricas até chegarem à conclusão “Se estavas [com os faraós] e se és [esbelto como um lince], então és um Gato Jelical!”.



 

Em jeito de celebração os felinos demonstram os seus dotes e atributos e todos os gatos têm os seus merecidos "momentos de glória". Todavia, nem todos os espectadores reconhecerão que estes felinos fazem parte da mitologia egípcia, mais propriamente do culto a Bast a deusa Gata: “A mística divindade de felinidade assegurada, pela catedral ecoa felicidade, Vida à Gata imortal!



           Gus e Munkustrap apercebem-se de alguém que não sabe o que é um gato Jelical.
                      (Alonzo à esquerda, Jennyanydots à direita e Bill Bailey atrás)


Mas sobrepõe-se um problema maior: algumas pessoas são simplesmente... hmmm distraídas? Depois de toda aquela apresentação e revelações, como é possível ainda haver alguém que não tenha compreendido? Um tom novito (Aspargus) arrasta-se até à frente do palco e aponta para um infeliz... logo-logo a atenção de toda a tribo é atraída para este azarado. Todos o olham incredulos: “Será que estes olhos veem mesmo alguém que nunca tenha ouvido falar de um gato Jelical?

 

O que é um gato Jelical? O que é um gato Jelical?





1 "És cego à nascença? Consegues ver no escuro? (...) Pois os Jelicais são e os Jelicais conseguem (...) Ficas tenso quando sentes uma tempestade no ar? (...) Pois os Jelicais ficam e os Jelicais conseguem (...)".

sinto-me:
sonhado por zia às 17:36
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De zeca maneca a 24 de Novembro de 2006 às 15:19
Só hoje é que consegui aceder ao vídeo "canções jelicais". Está soberbo!
Avisa os teus leitores que o vídeo demora um pouco a carregar.
Um beijo.
José Gomes
De Milú a 22 de Novembro de 2006 às 23:44
Olá bom dia ou boa noite conforme a hora!...

Gostei da postagem e adorei rever as canções jelicais...e...aquela botifarra continua a assustar-me.
Beijos e boas férias.

Milú
De zeca maneca a 22 de Novembro de 2006 às 16:54
Assim está muito melhor. Queres que divulgue?
Boas férias...
José Gomes

Comentar post

mais sobre mim

:::pesquisar aishitenight:::

 

:::tags:::

Todas as tags deste blog

:::luas recentes:::

Será que ainda me lembro?

Dia da Criança...

A Viagem...

Greve Geral

Bristol - 9 de Dezembro d...

A nova versão do YMCA!!! ...

Macavity - The Mistery Ca...

Atestados de Burrice...

"Eu não gosto de carne de...

Hamlet para todos!

Guerra e Paz para todos!

Feliz Dia Mundial do Teat...

O estado negro da educaçã...

Tartaruga suicida... e fu...

Memória...

Tudo está bem quando acab...

Respeito precisa-se...

A Escolha Jelical

Que a memória viva para s...

Acreditas em magia?!?

O Napoleão do Crime

Never Gone... Never Far.....

Pouca-terra, pouca-terra....

Fantasmas do passado...

Um gato especial

De gatos malandros e caix...

Silêncio... nem um som da...

8 minutos de cortar a res...

Ladrar ou não ladrar, eis...

O gato das 7 vidas...

:::noites passadas:::

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

::: links :::

Anastasia
Anime News Network
Astérix et Obélix
BeeHive
Best Anime
Blog da Pimentinha
BRB Internacional
Broadway
Broadway - The Lion King
Catedral
Christian Kurrat
Chuviscos
Misteriosas Cidades d'Ouro
Disney
Disney on Broadway
Do What You Dream
Door to Fantasia
Kemet
Kiss Me Licia
Liquid Experience
Me, Myself and I
Movimentum...
Movimentum 2...
Mulher dos 50 aos 60
NASA
National Geographic
Niekonczaca Sie Opowiesc
per-Bast
Photograhy Directory
The NeverEnding Story
The Temple of Bast
The Universe of Shoujo Manga
Timor Aid
Tintim
TV Series
TV Wunschliste

:::favoritos:::

A nova versão do YMCA!!! ...

Respeito precisa-se...

Que a memória viva para s...

Pouca-terra, pouca-terra....

Fantasmas do passado...

De gatos malandros e caix...

Um gato do contra...

Os Jelicais podem...

Problemas com baratas des...

Hamlet para todos!

:::tags:::

Todas as tags deste blog

subscrever feeds

5euromails.com